Chega de Bagunça

        Enquanto os políticos se enfrentam na arena do congresso nacional, defendendo interesses pessoais e paroquiais. O país segue a deriva, agarrado na tábua de salvação da economia que também já ameaça submergir. Será que não dá para pensarem que quanto mais tempo durar esta crise política, maior será o preço a ser pago?  Ontem ouvi um deputado dizer que se o presidente Temer escapar da denúncia, terá que seguir se explicando por mais 17 meses. Ora, se escapar da denúncia escapou, vamos retomar a agenda anterior a ela. Vamos trabalhar pelas reformas, aprovar as mudanças que o País precisa para se reinserir no mundo moderno e competitivo. Deixemos as investigações, represálias, vinganças e outras coisas para após o término do mandato. Aí sim, vamos retomar as investigações e punir quem de direito, mas agora vamos pensar no Brasil.  A quem interessa essa situação de incerteza que vivemos. Talvez aos partidos de esquerda que sonham voltar ao governo. Mas convenhamos, considerando o que fizeram enquanto governaram, não estão credenciados a voltar. Deus nos livre de outro retrocesso.

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.