A HERANÇA…

              O Coronel Lindoso tinha três filhos e uma filha, e a vida toda tentara mantê-los por perto para ter controle sobre eles, e ao mesmo tempo ir transmitindo seus conhecimentos de fazendeiro experiente, ensinando-lhes a enfrentar os ardis da vida no campo. Vivia numa propriedade grande onde criava gado e cultivava café.  Esperava que quando partisse dessa vida, seus filhos dessem continuidade  e ampliassem  aquele  patrimônio que lutara tanto para conseguir. Porém a medida que foram completando maioridade, os filhos homens começaram a manifestar desejo de se livrarem daquele jugo opressivo do Pai.  o mais novo foi o primeiro a seguir seu rumo. Com a pequena economia que tinha, comprou parte de um garimpo de diamantes no Tejuco e foi cuidar de sua vida, sentindo-se respirar mais fácil assim que transpôs as divisas de Rancho Alegre. Os outros dois também alegando vocações diferentes partiram para São Paulo onde se estabeleceram no comércio. A filha, moça prendada, aprendera com a mãe os segredos da boa mesa e de uma boa governança doméstica, era a caçula, e nunca pensou em  ir embora. Casou-se cedo com o filho do professor da escola rural que frequentava. A princípio o velho Coronel não gostara da escolha, porém em pouco tempo o genro lhe caiu nas graças. Jovem forte, trabalhador incansável, e como se mostrava de confiança Lindoso foi aos poucos dividindo  com  ele a tarefa de administrar seu patrimônio. As notícias se espalharam rapidamente, e logo começaram a chegar manifestações dos filhos distantes, descontentes com a atenção e o tratamento que o pai dispensava ao cunhado. Tinham ficado sabendo que Cantídio  estava mandando mais na propriedade que o próprio sogro. Aquilo não estava certo, onde já se viu entregar o controle dos bens a uma pessoa que entrara na família há pouco tempo, diziam eles. O Genro tinha grande respeito pelo coronel e seguia trabalhando sem dar ouvido aos cunhados. “Porque não ficaram para ajudar o pai?” pensava ele. Tempos depois, Lindoso pensando numa maneira de pacificar e reunificar a família resolveu reservar uma parte das terras para ele e a mulher, e dividir o resto com os filhos. Preferia fazê-lo em vida pois previa grande embates depois de sua partida. Aproveitando a festa do seu octogésimo aniversário, com todos os filhos presentes anunciou que havia feito a partilha conforme sua vontade. Ficaria com  vinte por cento, destinaria quarenta por cento para a filha e o genro e os outros quarenta por cento seriam divididos entre os outros três filhos. Aproveitou para chamar os filhos de volta para trabalhar e desenvolver o que herdaram.  Estava disposto a orienta-los e ajuda-los. Nem consideraram o chamado, foi uma confusão, os ânimos se acirraram mais ainda e passaram a nem se falar. Mas foi tudo feito segundo a vontade do Coronel. Homologada a partilha e regularizados os documentos.  Em menos de dois anos, só a filha e o genro continuavam lutando e progredindo. Os outros venderam as suas partes e romperam definitivamente com o resto da família. Após o falecimento dos Pais, os que se sentiram lesados entraram na justiça para para rever e modificar a partilha. Então tiveram nova surpresa, Lindoso havia feito outro documento deixando os vinte por cento que reservara para si e sua mulher, também para a filha e o genro, como bônus por nunca terem lhe abandonado. A ação de revisão já se arrasta por mais de quinze anos, os três reclamantes já gastaram praticamente tudo que herdaram e provavelmente perderão. Pouca coisa causa mais discórdia do que dinheiro, sobretudo o que vem de mão beijada.

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.