SONETO DA VOLTA…

SONETO DA VOLTA

Ao vento lanço meu grito

A ecoar pelos recantos

Cheio de esperança de secar o pranto

E ajudar aquele que estiver aflito

 

Tempo sombrio ao nosso redor

Nos fez arredios por puro temor

Altivo me encontro preparando a volta

Confio no acaso, na sorte, no amor

 

Soldado vivo me lanço à batalha

Deixo a trincheira da solidão

Sem esperar passivo a mortalha.

 

De corpo e alma me exponho ao perigo

A quem possa, levarei alento

Esperando de volta um abraço amigo

 

AVP-21/04/2020

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Um comentário sobre “SONETO DA VOLTA…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.