CAMELÔS MODERNOS

As mídias modernas das quais a maior expressão são as redes sociais de todos dos tipos, envolvendo interesses variados, tem influenciado e digo até mais, automatizado e subjugado milhões de pessoas mundo afora. O grau de sofisticação na difusão de ideias, no convencimento, e na precisão com que procuram atingir os “alvos” de seus interesses possibilitam a manipulação das mentes incautas, aliás, a maioria de usuários que sem perceber vão sendo levados pela onda da “modernidade”, uma verdadeira caça aos zumbis intelectuais. É freqüentíssimo depois de acessar por exemplo um site de compras, o usuário começar a ser bombardeado por outros, oferecendo os mesmos produtos, ressaltando melhor qualidade ou melhor preço. Guardando as devidas proporções, a situação se assemelha à daquelas pessoas que ficam na porta das lojas sobretudo nos centros comerciais mais populares, gritando e tentando atrair os fregueses com frases de efeito: “Aqui, tudo pela metade do preço, não fechem negócio se ver nossas ofertas”. – Esse raciocínio não se aplica só a compras, se aplica também ao campo das idéias. Experimente acessar um site com viés ideológico de esquerda por exemplo. O “sistema” automaticamente assume que você tem convicções políticas de esquerda, então oferecem uma porção de outros sites que talvez você possa ter interesse, numa tentativa disfarçada de reforçar os seus pontos de vista. O mesmo se aplica a direita, e isso tem contribuído grandemente para uma polarização cada vez maior e um acirramento de ânimos entre direita e esquerda. – Nada escapa à ação do camelódromo eletrônico. – A cada dia aumentam os blocos de idéias prontas, notícias pré analisadas, verdades pré-estabelecidas que são empurradas para os usuários destas mídias, sem lhes dar tempo de pensar, de exercer seu direito à análise dos fatos. É tão massificante, que as pessoas passam aceitar como normal, como verdade e aí pronto. Está aberto o caminho para a proliferação de notícias falsas, injúrias, difamações e outros nefastos efeitos da má comunicação. É tudo organizado para que o usuário não pense, que apenas aceite e digira o que vem das redes. Com isso, delineia-se a médio e longo prazo, uma geração crescente de seres robotizados, idiotizados e completamente manipuláveis. Está em curso o processo de extinção do pensamento individual dos seres humanos. A ênfase será dada a blocos de informações prontas para o consumo. Vai ganhar o camelô que gritar mais e mais alto.

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

2 comentários em “CAMELÔS MODERNOS”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.