MUNDO OCO

Acordei com a avó atrás do toco

Que mundo oco!

Será que estou ficando louco?

Quer saber? Eu acho é pouco,

De tanto ver, já não enxergo nada

De tanto ouvir, surdo como uma porta

Cansei de tanta conversa torta

O capitão já secou a saliva

E cospe pólvora no resto do mundo

São Paulo aDória bancar o posudo

Em parceria com o chinês imundo

É briga, mas ninguém aparta

Cada um querendo dar as cartas

Quem ganhará no final?

Qual vacina vai chegar primeiro?

Para espetar o braço ou o traseiro

Do povo brasileiro

Estou na fila

Farinha pouca, meu pirão primeiro…

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Um comentário sobre “MUNDO OCO”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.