RENASCENDO

É ano novo

A vida é a mesma,

Acrescida de lições, mas a mesma

Eu é que não sou o mesmo homem

As sombras do medo e das incertezas

Me transformaram em outra criatura

Mais sensível

Porém mais resiliente, mais dura

Aceito o imponderável

Mas vou espera-lo de pé

A esperança será minha armadura

Não terei mais medo

Serei um cruzado em defesa da fé

Não luto só por mim

Isto seria dobrar-me

Às armadilhas do egoísmo

E não o quero no meu mundo

Como diz Santo Agostinho:

“A inclemência da natureza, e a perversidade dos homens

São os grandes males do mundo”

Aceitarei o primeiro, combaterei o segundo…

AVP-01/01/2021

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.