PRECE

Enfim chegam os bons ventos

Ainda fracos vêm soprar anticorpos

Sobre a planície devastada

Renovando o ar viciado

Oxigenando a vida

Animando os desesperançados

Não importa a origem

Desde que soprem de consciências sãs,

De mentes e corações equilibrados

Que tenham compromisso

Com o reerguer de tantos desgraçados

Que pelo mal, ou pelo medo

Há tanto se arrastam humilhados

Bem-vindos os ventos da esperança

Soprem cada vez mais forte

Removam as cinzas da incerteza

E recoloquem os homens

No caminho do bem.

Amém!

AVP-03/02/2021

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.