A RECAÍDA

Recaímos

Por decreto como sempre

Insistem nessa insensatez

Que já provou mais de uma vez

Sua inutilidade

Desculpa de quem não tem

Pálida noção do que fazer.

Para encobrir que nada fazem,

Fazem o que nada adianta

Tapam o sol com a peneira

Não só por falta de leito

Mas também por não ter feito

O papel que lhes cabia

Conduzindo com respeito

Informando com decência.

Negar ao povo o direito

Da luta pela sobrevivência

Tirando-lhes a certeza

De ter comida na mesa

Piora a situação

Aumenta a fragilidade

Exacerba a dependência

Aumenta a desconfiança

Desalenta o coração

E a longo prazo promove

A ruptura da razão…

Publicado por

AILTON V. PRIMO

Brasileiro, casado, médico radiologista, 65 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.